Coisa de Faculdade: Encurtador de URL

Coisa de Faculdade: Encurtador de URL

Estou no sexto semestre da faculdade de publicidade e propaganda, na minha turma têm umas pessoas que eu me pergunto como conseguiram sobreviver até ali. Já outras, têm bagagem suficiente para pular essa fase. Mas enfim, focando no episódio do encurtador de URL.

Um professor passou um trabalho, que deveria ser entregue escrito, onde era preciso analisar um comercial. Prezando pela praticidade e beleza do documento impresso ele pediu que encurtasse o link do vídeo. Eis que surge a dúvida:

GENTE ALGUÉM SABE O QUE É REDUTOR DE URL?

Talvez seja pura ignorância minha, de fato vivemos em um país onde nem todos tem acesso a escola, muito menos a internet. Mas uma pessoa que tem Facebook e estuda publicidade e propaganda em uma faculdade particular tinha que no mínimo se dar ao trabalho de googar isso. Mas, como só tem bons samaritanos no mundo, responderam para ela. E nem usaram o lmgtfy.

 

Esquecendo o episódio acima, se você está iniciando agora esse universo de poucos caracteres, vão aí algumas considerações.

Existem inúmeros encurtadores de URL, deste os engraçadinhos até os que lhe dão uma métrica bem interessante. Dentre todos, vou ressaltar alguns que eu considero utilitários.

migre.me  – o migre.me foi um dos primeiros encurtadores que conheci. Nele é possível criar seu tweet logo após reduzir o link, sem precisar copiar e colar. E em termo de métrica ele é bem completo. Mas de todas as vantagens, vale ressaltar o portal de links que fica na página inicial, por causa da sua integração com o Twitter, é possível ter acesso aos links encurtados mais clicados, funciona como um TT de links do migre.me, útil para saber o que está sendo falado no dia.

goo.gl – esse é o encurtador do Google, por isso ele é conectado com o Gmail, isso acaba sendo uma mão na roda porque todos os links ficam anexados no mesmo local sem precisar cadastrar uma nova conta. Se o número total de cliques ou um QRCode for o seu objetivo, ele preenche o vazio, caso contrário melhor escolher outro.

bit.ly – gosto muito da interface do bit.ly. A métrica dele lembra muito a do Google. Uma vantagem do bit.ly é a conta Pro que permite criar um encurtador personalizado, mas aí você tem que desembolsar algumas Dilmas.

Dica #l: para ter acesso ao catálogo de todos os links, basta encurtar os links conectado a sua conta em cada um dos encurtadores (no caso do goo.gl, basta está conectado a sua conta do Gmail). Eles são gravados automaticamente.

Dica #2: Já para ver as métricas coloque o símbolo + na frente do link encurtado na sua URL.

Dica #3: Se você quer fazer promoção pelo sorteie.me encurte direto na plataforma porque eles usam o kingo.to, nele com o símbolo de + você ver quantos RTs seu link já teve.

Dica #4: Links encurtados podem ser usados como uma dissipação de vírus. Para evitar ser infectado, caso não sinta credibilidade, mas está curioso para clicar, use um raio-x de link (urlxray | knowurl). Eles te mostram o endereço completo aí você tem mais argumentos para julga se é confiável ou não.

 

Os encurtadores personalizados aproximam a empresa do cliente e ajudam a fixar a marca. O Pinguim do Ponto Frio usa de forma ótima esse recurso, na sua grande maioria, o redutor deles é ousado e chama o internauta a saber o que está na página de destino. Essa jogada é revertida em cliques.

Encurtador do Ponto Frio

Infográfico do Pinguim para o lançamento do filme Batman the Dark Knight Rises

Anúncios

Agora que eu já dei a minha, quero saber a sua opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s